Acompanhe as obras no HEGV


zoom

(Fotos: Instituto Solidário | Manutenção)


Um atendimento hospitalar de qualidade pode fazer toda a diferença em uma instituição, pois impacta diretamente na satisfação dos pacientes e dos seus acompanhantes. Muitos fatores podem influenciar nesse atendimento, como a estrutura física, o espaço de recepção e o uso de tecnologias para garantir maior agilidade nos processos e evitar erros.

O Instituto Solidário tem como um dos objetivos na administração do Complexo Estadual de Saúde da Penha – Hospital Estadual Getúlio Vargas e UPA Penha 24h recuperar a infraestrutura da maior unidade hospitalar de referência para urgência e emergência no Rio de Janeiro.

Assim, mais uma etapa das obras do Hospital Estadual Getúlio Vargas foi entregue. Agora, o corredor de acesso aos setores de trauma, sala vermelha e sala dos homens, localizado na Emergência da Unidade, recebeu pintura nas portas, paredes e bate macas.

As ações em vários setores do HEGV foram iniciadas há mais de dois meses e já têm sua evolução clara aos usuários, familiares e funcionários. A reforma do HEGV está sendo feita por etapas, para melhor atender a população, sem impactar no atendimento.

HEGV – De janeiro a setembro de 2019, foram 130.614 atendimentos, com uma média de 478 usuários/dia. A unidade possui 312 leitos, incluindo UTI geral e UTI de cardiologia. O Hospital conta com várias especialidades, como cirurgias geral, vascular e pediátrica, ortopedia, clínica médica, pediatria e neurocirurgia. Desde que assumiu a gestão do Complexo Estadual de Saúde da Penha várias ações de curto prazo já foram realizadas pelo Instituto Solidário, melhorando o fluxo de entrada dos pacientes e acompanhantes e humanizando a assistência hospitalar.