Obras de reforma garantem atendimento mais humanizado no Hospital Estadual Getúlio Vargas


zoom

Foto: Instituto Solidário | Setor de Manutenção | Enfermaria 201


A administração de um hospital público necessita de uma gestão eficiente para garantir qualidade, produtividade, excelência no atendimento, bem-estar para os usuários e familiares e uso adequado dos recursos financeiros, humanos e materiais.

Em busca de uma intervenção positiva para essa realidade, o Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV), unidade que compõe o Complexo Estadual de Saúde da Penha, está passando por obras de reforma em vários setores que proporcionarão mais humanização e conforto no atendimento ao paciente e um melhor ambiente de trabalho para os colaboradores. O principal objetivo é recuperar a infraestrutura da maior unidade hospitalar de referência para urgência e emergência no Rio de Janeiro. As reformas fazem parte dos planos de ações traçados pelo Instituto Solidário e a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro.

A intervenção teve início com a obra para adequações do SPA Pediátrico e da Sala de Entrevista do RH e adequação da Sala de Comunicação. Em seguida, foi a vez das Enfermarias 201 e 202 da Clínica Médica, com pintura, manutenção das portas, reparos na parte hidráulica e substituição de fórmicas por azulejos no boxe e climatização. “Cada setor do Hospital Estadual Getúlio Vargas guarda uma história de salvar vidas. Posteriormente teremos intervenções na Sala de Acompanhantes do Centro Cirúrgico, Acolhimento Pediátrico e demais Enfermarias”, explicou Josana Karla Venturim S. de Souza, Diretora Administrativa do Complexo.

A reforma do HEGV está sendo feita por etapas, para melhor atender a população, sem impactar no atendimento.

HEGV – De janeiro a julho de 2019, foram 12.693 atendimentos, com uma média de 473 usuários/dia. A unidade possui 312 leitos, incluindo UTI geral e UTI de cardiologia. O Hospital conta com várias especialidades, como cirurgias geral, vascular e pediátrica, ortopedia, clínica médica, pediatria e neurocirurgia. Desde que assumiu a gestão do Complexo Estadual de Saúde da Penha, que inclui o Hospital Estadual Getúlio Vargas e a UPA Penha 24hs, várias ações de curto prazo já foram realizadas pelo Instituto Solidário, melhorando o fluxo de entrada dos pacientes e acompanhantes e levando resolutividade aos casos.

zoom

Foto: Instituto Solidário | Setor de Manutenção | Enfermaria 202